SBT é processado por MP em R$10 mi após polêmica com Maisa

Publicado em 26 de setembro de 2017

Maisa Silva e Dudu Camargo dividiram palco do “Programa Silvio Santos” em junho deste ano e o programa repercutiu negativamente nas redes sociais. Alguns dias depois, o apresentador tentou um reencontro entre os dois apresentadores e Maisa teria deixado o estúdio às lágrimas. E, na última sexta-feira (22), o Ministério Público do Trabalho de São Paulo moveu uma ação contra a emissora por conta do episódio, solicitando uma multa de R$ 10 milhões, de acordo com o jornal “Estado de São Paulo”

De acordo com o órgão, a adolescente – posteriormente apoiada por Tiago Abravanel e Klara Castanho – “sofreu grave constrangimento diante da violação de sua privacidade, intimidade e honra, caracterizando lesão aos direitos da personalidade, mediante abuso do poder hierárquico e discriminação do gênero feminino pela forma de tratamento dispensada às profissionais”. O MPT-SP também negocia com a emissora um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) após o apresentador Ratinho chutar uma capa de papelão em que a assistente de palco Milene Pavorô. Procurada pelo Purepeople, a assessoria de imprensa do canal afirmou: “o SBT não se pronunciará”.

Deixe seu comentário